x

ÚLTIMAS NOTÍCIAS | PCPR e GM deflagram operação contra suspeitos de homicídio tentado e consumado

Policial

PCPR e GM deflagram operação contra suspeitos de homicídio tentado e consumado

14/05/2024 15:28



De acordo com o delegado da PCPR Fábio Machado, a motivação do crime está ligada a desavenças no tráfico de drogas

COMPARTILHE
Compartilhe no Facebook Compartilhe no WhatsApp

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) e a Guarda Municipal (GM) deflagraram uma operação, na manhã desta terça-feira (14), contra suspeitos de duplo homicídio e uma tentativa de homicídio, ocorridos em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Um homem, de 27 anos, foi preso preventivamente no mesmo município e outros dois indivíduos encontram-se foragidos. A ação também contou com apoio de cães da PCPR. 

CRIME- No dia 28 de março deste ano, as vítimas, Ercília Lopes de Moura, de 38 anos, e Reginaldo Alves da Silva, de 45, foram mortas por disparos de arma de fogo no interior do veículo em que estavam. Uma terceira vítima, que estava no banco traseiro, foi alvejada e conseguiu pedir ajuda, resistindo aos ferimentos.  

Após o crime, o atirador fugiu em um veículo, vindo a colidir com outro carro poucos metros do local dos fatos. Em razão do acidente, o suspeito abandonou o automóvel e foi resgatado por outros dois indivíduos. 

No decorrer das investigações, os policiais civis identificaram os três homens envolvidos na prática criminosa. O indivíduo, de 30, seria autor dos disparos. O segundo, de 23, seria o motorista do veículo utilizado para o resgate e o terceiro investigado, de 27, seria o passageiro.  

De acordo com o delegado da PCPR Fábio Machado, a motivação do crime está ligada a desavenças no tráfico de drogas na região onde as vítimas moravam. “Todos os envolvidos, autores e vítimas, possuíam antecedentes pela prática de delitos de tráfico ilícito de drogas, homicídios, entre outros”, afirma Machado.  

Durante cumprimento das ordens judiciais, o homem, de 27, foi localizado e encaminhado ao sistema penitenciário. Os outros dois suspeitos encontram-se foragidos.  

Os investigados foram indiciados por homicídio e tentativa de homicídio. Caso sejam condenados, poderão responder por penas superiores a 30 anos de prisão.  

As diligências continuam a fim de localizar todos os envolvidos no crime.  

DENÚNCIAS - A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem na localização dos suspeitos. As denúncias podem ser feitas de forma anônima pelos números 197 da PCPR, 181 do Disque-Denúncia ou (41) 3587-6801, diretamente à equipe de investigação.